Archive for the 'SUSE' Category:

SSH Tunnel Proxy

on May 30th, 2009 by - Comments Off on SSH Tunnel Proxy

O conceito é praticamento o mesmo do X11 Forward, com esta opcão do SSH direcionamos uma porta do servidor remoto para qualquer porta local. Exemplo, para direcionar a porta 25 do servidor para a porta 3000 local mantendo a conexão por 60 segundos:

SSH: X11 Forwarding

on May 30th, 2009 by - Comments Off on SSH: X11 Forwarding

Com esta opção no SSH podemos redicionar conexão ao X Window no servidor para o servidor X local. Ao realizar a conexão no servidor X Remoto a conexão é direcionada por default ao DISPLAY :10 Para isto realizamos a seguinte configuração nos arquivos abaixo:

SSH sem senha

on May 30th, 2009 by - Comments Off on SSH sem senha

Primeiro precisamos gerar um par de chaves públicas/privadas para autenticar com chaves RSA2 ou DSA. RSA: ssh-keygen -t rsa DSA: ssh-keygen -t dsa As chaves são gerados no $HOME do usuário que você esta utilizando.

Tags:

Utilizando rsh, rexec e rlogin

on June 21st, 2008 by - Comments Off on Utilizando rsh, rexec e rlogin

Primeiro precisamos ter instalado os seguintes pacotes: server:~ # rpm -qa | grep rsh rsh-0.17-548.13 rsh-server-0.17-548.9 server:~ # Depois alteramos a linha abaixo nos arquivo de configurações de cada serviço no diretório /etc/xinet.d, como abaixo. De: disable = yes Para: disable = no Logo após realizar um restart no serviço xinetd: server:~ # /etc/init.d/xinetd restart

(Read More…)

How to Find

on April 30th, 2008 by - Comments Off on How to Find

Busca por nome de arquivos e/ou diretórios (pode-se realizar busca com expressões regulares) Case sensitive # find / -name “*.sh” -print # find / -name apache2 -print # find / -name “[Bb]ind*” -print Case insensitve # find / -iname “*lock*” -print Busca com dois parâmetros (AND/OR) Arquivos .sh e .ksh # find / \( -name

(Read More…)

Extendendo um LV no SUSE

on November 1st, 2007 by - Comments Off on Extendendo um LV no SUSE

Primeiro verificamos qual filesystem que queremos expandir, em VG e LV o mesmo pertence. df -hT Deveremos ter uma saída assim: /dev/mapper/rootvg-optlv ext3 1.2G 997M 152M 87% /op Onde podemos verificar que o filesystem pertence ao VG “rootvg” e ao LV “optlv”. E então verificamos quanto de espaço temos livre no VG. vgdisplay rootvg server:~

(Read More…)

© TIAGO.DIAS.ETI.BR